Oneiros, Poesia de Eunice Boreal. Eatenus, música de Marcílio Onofre.

         Este poema audiovisual também vive na perspectiva do diálogo. Poesia, música e artes plásticas unem-se para a realização do cinema. Filmado em janeiro de 2012, o vídeo “Oneiros” de Eunice Boreal faz parte de uma série de microfilmes poéticos que colocam os sonhos como temática principal.

       Através de um estudo estético minucioso, os trabalhos da BriColage produções, valorizam as influências autoriais e referenciam confluências como o cinema de Godard, Truffaut, Agnès Varda, Phillip Garrel, Jean Cocteau, Bergman e etc. Parte dessa obra já participou de algumas exposições, entre elas, a mostra “Videopoéticas” no Centro Cultural São Paulo.

         Esse vídeo específico, assim como os outros, conta com uma trilha sonora de um compositor parceiro. Em “Oneiros”, realizamos uma parceria com Marcílio Onofre, compositor brasileiro  que já estudou e trabalhou com figuras importantes da música contemporânea, tais como os compositores Eli-Eri Moura e Krzysztof Penderecki. Marcílio se destaca pelo requinte do seu trabalho e tem conquistado vários prêmios internacionais.

     “Oneiros” conta com a performance da artista Dani Calaço e a participação da sua irmã gêmea, Cristina. A direção de fotografia foi feita pelo Gian Orsini, a câmera e a produção teve a parceria do Lúcio César. Além das exposições e dos festivais, a composição “Eatenus” que faz a trilha sonora de “Oneiros”, venceu a sexta edição do concurso internacional “SCCM New Composition Competition” na China.